Biografia e Plataforma de Zixin Z.

Biografia

Zixin Z. entrou no universo dos fandoms quando ficou obcecada com Detective Conan e fez seu caminho para fóruns de fãs, mas sua vida de fã provavelmente começou antes, quando ela secretamente escrevia fanfictions de Dream of the Red Chamber em seus livros de exercícios no ensino fundamental. Alguns de seus fandoms favoritos incluem O Senhor dos Anéis, The Grave Robbers’ Chronicles (DMBJ Series), Legend of the Galactic Heroes e Final Fantasy XIV. Ela também é leitora ávida de webnovels chinesas.

Ela começou como voluntária da OTW (Organização para Obras Transformativas) como organizadora de tags (no comitê de língua chinesa), em março de 2019, quando viu a postagem de recrutamento na conta do Weibo da OTW. Depois, se juntou ao Comitê de Diretrizes e Abuso em outubro de 2019, e ao Comitê de Comunicações como uma moderadora do Weibo em janeiro de 2020. Também já trabalhou como administradora voluntária no Comitê do Portas Abertas.

Zixin é bacharel em Estudos da China e mestre em Estudo do Trabalho. Atualmente, trabalha para uma organização sem fins lucrativos que promove serviços educacionais para filhos de trabalhadores imigrantes e é ativista das causas de igualdade educacional enquanto é uma mãe de gatos em casa e uma observadora de pássaros em geral.

Plataforma

1. Por que você decidiu participar das eleições para o Conselho de Administração?

Eu decidi participar das eleições por várias razões. A primeira e principal razão foi plantada em meu coração em 2020: quero apoiar pessoas voluntárias que fazem parte de grupos minoritários. Como uma fã do Leste Asiático que fala Língua Estrangeira, já experienciei dificuldades e frustrações causadas por falhas de comunicação. Eu gostaria de poder oferecer minha ajuda e meu apoio quando outras pessoas voluntárias se encontrarem em situações similares. Nos últimos quatro anos, a OTW se tornou uma parte muito importante da minha vida, e fiz alguns dos melhores amigos que poderia conhecer entre meus colegas. Espero genuinamente que meus esforços possam melhorar de verdade as experiências de meus colegas voluntários.

Eu quero também facilitar mudanças em nível estrutural para implementar regulações mais claras para fortalecer a prestação de contas de membros do Conselho, presidentes e outras posições de supervisão, assim como prover pessoas voluntárias com recursos para criar um ambiente onde todos possam se sentir livres para expressar seus pensamentos.

Por último, mas não menos importante, com o tamanho da OTW aumentando rapidamente, é necessário que haja a transição para uma organização mais profissional ao nos apoiarmos em mais do que trabalho voluntário em áreas como os Recursos Humanos. Se for eleita, espero poder continuar a transição com a ajuda dos comitês relevantes.

2. Que aptidões e/ou experiência você traria para o Conselho?

Eu posso trazer minhas habilidades de comunicação para o Conselho. Durante meu trabalho como moderadora do Weibo, recebi todo tipo de comentários e questões de usuáries sobre a OTW e seus projetos. Aprendi a identificar o que uma pessoa usuária do site está perguntando exatamente e que tipo de resposta seria mais benéfica, assim como como traduzir efetivamente e comunicar a questão para membros do comitê relevante quando a informação estava fora do meu alcance. Desenvolvi também minha habilidade de trabalhar sob pressão, já que ocasionalmente encarava um aumento rápido na demanda de trabalho quando havia discussões acaloradas em relação à OTW. Trabalhar em múltiplos comitês também me ajudou a entender a estrutura da OTW em perspectivas diferentes, o que acredito ser experiência benéfica para um membro do Conselho.

Também tenho experiência em supervisionar e treinar pessoas voluntárias. Estabeleci e supervisionei grupos de trabalho na organização sem fins lucrativos onde trabalho durante o dia. Já organizei do zero materiais de indução e treinamento para equipes voluntárias, organizei sessões de treinamento e supervisionei as operações cotidianas do projeto do grupo de trabalho. Já assisti membros da equipe voluntária que tinham dificuldades em completar suas tarefas, redistribuí a demanda baseado em disponibilidade e optimizei o fluxo de trabalho com o feedback das pessoas voluntárias. Posso aplicar minha experiência prática em uma organização sem fins lucrativos composta por milhares de membros e uma pequena porção de funcionários pagos em meu trabalho no Conselho da OTW.

3. Escolha uma ou duas metas para a OTW que são importantes para você e nas quais você teria interesse em trabalhar durante seu mandato. Por que você valoriza esses objetivos? Como você trabalharia com outras pessoas para alcançá-los?

O primeiro grande objetivo que quero trabalhar para atingir é encorajar a comunicação e a documentação, porque penso que é importante aumentar o nível de transparência dentro da OTW para aumentar a inclusão e a eficiência do trabalho. Em termos de comunicação, gostaria de explorar o estabelecimento de linhas mais abertas de comunicação com as pessoas voluntárias, quando decisões para toda a organização podem impactar seus comitês, para que as partes relevantes possam se envolver diretamente na decisão com o Conselho e não com sua Presidência como intermediária. Também, quero priorizar a documentação de grandes decisões e suas razões para que futuros membros da equipe voluntária possam ter um melhor entendimento de escolhas passadas e se sintam empoderados para construir em cima dessas decisões. O aumento da documentação pode também mitigar a perda de conhecimento institucional pela rotação de membros.

Meu segundo objetivo, o que já tenho por anos, é melhorar a acessibilidade do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) para pessoas que não falam inglês. Interagindo com fãs falantes do chinês diariamente, eu sei quão intimidador pode ser navegar por um site em um idioma que eles podem não entender. No momento em que escrevo, mais de 11% das obras hospedadas no AO3 são em um idioma que não o inglês – constituindo um total de mais de 1.2 milhões de obras. Enquanto a localização da interface pode levar um esforço significativo e um tempo maior do que eu teria no Conselho, estive considerando alternativas para ajudar fãs que não falam inglês ao criar ferramentas (como userscripts) que localizam parte ou toda a interface por meio da colaboração entre comitês incluind mas não limitados aos de Tradução, Acessibilidade, Design e Tecnologia e Documentação para o AO3.

4. Que experiência você tem com os projetos da OTW e como você colaboraria com os comitês em questão para os apoiar e fortalecer? Tente incluir diversos projetos, mas fique à vontade para enfatizar particularmente aqueles com que você tem experiência.

Eu registrei minha conta no AO3 lá em 2014, mas nunca realmente utilizei muitas de suas funções além de procurar e ler fanfics antes de me juntar à OTW. Até aqui, a minha experiência como voluntária foi como ou parte do AO3 (Organização de Tags e Diretrizes e Abuso), ou relacionada ao AO3 (introduzindo funcionalidades do AO3 e respondendo perguntas de usuários no Weibo). Eu adoraria aprender mais sobre outros projetos da OTW e discutir com os Times ou Comitês relevantes sobre como o Conselho pode apoiá-los melhor.

Sobre maneiras específicas de apoio que posso pensar, por minha experiência em Organização de Tags e Diretrizes e Abuso, pode ser útil ajudar Comitês a implementar cargos adicionais administrativos. Esses cargos podem ajudar comitês a gerenciar projetos em que estiveram trabalhando, mas não puderam atingir o resultado desejado em tempo hábil ou atualizar a documentação em diretrizes e práticas. No momento, pessoas que são voluntárias atualmente estão frequentemente ocupados com completar suas metas de curto-prazo, como cuidar de suas demandas imediatas. Como resultado, tarefas administrativas ficam usualmente ou concentradas nas mãos de Presidentes ou deixadas para qualquer membro da equipe voluntária que tenha a energia para completá-las. A falta de uma estrutura formalizada assim como os deveres compostos para Presidentes significa que as pessoas frequentemente não tem o tempo e a energia necessários para enfrentar projetos de longo-prazo necessários para atingir mudanças estruturais.

5. Como você pretende equilibrar seu trabalho no Conselho com seus outros cargos na OTW ou, se for o caso, como planeja se afastar de suas responsabilidades atuais para se focar no seu trabalho no Conselho?

Se for eleita, eu planejo entrar em hiato do Comitê de Organização de Tags (e potencialmente do de Diretrizes e Abuso) para me preparar para o aumento da demanda quando a indução para o Conselho começar. Após alguns meses, terei uma melhor noção da quantidade de trabalho esperada do Conselho, e se devo reduzir minha demanda por vários meios. Por exemplo, posso reduzir o número de fandoms que organizo ou sugerir para meus Presidentes que recrutemos uma pessoa voluntária a mais para dividir a quantidade de trabalho na moderação do Weibo. Se a demanda como membro do Conselho não me permitir continuar trabalhando em meus atuais Comitês mesmo em capacidade reduzida, considerarei sair de um ou mais deles.