Biografia e Plataforma de Michelle S.

Biografia

No Ensino Médio, Michelle S descobriu os fandoms e nunca mais quis deixá-los. Na maioria das vezes, elu participa de fandoms de vídeo games e livros pouco conhecidos, além de escrever fanfics fluffy sobre suas personagens favoritas. Elu é copresidente do time de Documentação para o AO3, e já fez parte dos comitês de Organização de Tags, e de Suporte. Fora da OTW (Organização para Obras Transformativas), trabalha como assistente de gerência em uma loja de varejo.

Plataforma

1.Por que você decidiu participar das eleições para o Conselho de Administração?

Eu sou muito apaixonade pela OTW e por todos os seus projetos. Há quase seis anos, sou voluntárie e, por causa das diversas funções que exerço, presencio em primeira mão o trabalho da organização. Estou muito dedicade em ajudar a nossa organização a continuar todo o trabalho que é realizado. Anteriormente, já me candidatei ao cargo, portanto entendo o compromisso e as responsabilidades envolvidas no processo, e sei do comprometimento necessário. Acredito que, mais uma vez, estou em uma posição na qual posso dedicar tempo e energia à OTW como parte do Conselho.

2. Que aptidões e/ou experiência você traria para o Conselho?

Há três anos, sou copresidente do comitê de Documentação para o AO3. Durante esse período, aprendi como treinar e coordenar pessoas remotamente. O cargo também me ajudou a aprender mais sobre os outros comitês que a Documentação para o AO3 frequentemente trabalha junto.

Há quinze anos, também trabalho com atendimento ao cliente, portanto aprendi como lidar com um grupo diverso de pessoas, e como equilibrar as expectativas e os objetivos das pessoas para conseguir cumprir as tarefas. Sou graduade em Administração e Contabilidade, possuo conhecimento no sistema financeiro americano e em organizações sem fins lucrativos. Além disso, tenho amor pela leitura e redação de documentos, o que me ajudou a aprender mais sobre os outros comitês da OTW e as suas funções.

3. Escolha uma ou duas metas para a OTW que são importantes para você e nas quais você teria interesse em trabalhar durante seu mandato. Por que você valoriza esses objetivos? Como você trabalharia com outras pessoas para alcançá-los?

Um dos meus objetivos a longo prazo é aumentar a quantidade de documentação disponível. Considero importante que a OTW se comunique bem, tanto com sues voluntáries quanto com sues usuáries. Internamente, isso ajuda a manter os comitês acessíveis, garantindo a disponibilidade de informações para que voluntáries possam aprender sobre como cada comitê funciona. Isso também ajuda manter as coisas funcionando corretamente em caso de alta rotatividade de voluntáries. Ao nos comunicarmos com o público externo, transparência e acessibilidade podem ajudar as pessoas a entenderem como trabalhamos, e o que podem esperar de nós.

Ainda, acredito ser essencial continuar trabalhando para tornar recursos — e eventualmente, o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) — acessíveis no máximo de línguas possíveis. Até agora, o time de Tradução está realizando um trabalho incrível, o que inclui a tradução das Perguntas Frequentes (FAQ) e notícias. Gostaria muito de auxiliar a equipe como for possível, já que o âmbito do trabalho deles evolui de acordo com as nossas necessidades.

4. Que experiência você tem com os projetos da OTW e como você colaboraria com os comitês em questão para os apoiar e fortalecer? Tente incluir diversos projetos, mas fique à vontade para enfatizar particularmente aqueles com que você tem experiência.

A maior parte do meu trabalho está relacionada ao AO3, já que os comitês de que faço parte são especificamente direcionados ao AO3. Entretanto, ao longo do meu período como voluntárie, tenho sido capaz de manter diversos projetos, onde fosse possível, seja lendo o newsletter mensal, entrando em contato com voluntáries, ou participando de discussões internas para saber no que as equipes estão trabalhando. Continuo a acreditar que a melhor maneira de colaborar com os comitês é mantendo uma comunicação aberta e significativa, para que outros comitês possam auxiliar o Conselho no que for necessário para fortalecê-lo e apoiá-lo.

5. Como você pretende equilibrar seu trabalho no Conselho com seus outros cargos na OTW ou, se for o caso, como planeja se afastar de suas responsabilidades atuais para se focar no seu trabalho no Conselho?

Neste momento, eu não acredito que terei problemas em equilibrar o meu trabalho no conselho com as minhas funções no time de Documentação para o AO3, já que o meu horário deverá ser flexível o suficiente para garantir que tenha tempo para as funções do Conselho. Se necessário, poderei solicitar um curto hiatus ou deixar o meu cargo na presidência do comitê, mantendo o cargo de voluntárie, e contando com os demais membros da presidência para dividir as responsabilidades.