Biografia e Manifesto de Kristina Busse

Biografia

Kristina Busse é coeditora fundadora da nossa revista académica Transformative Works and Cultures – TWC (Cultura e Obras Transformativas) e há 8 anos que trabalha para a OTW (Organização para Obras Transformativas). Coeditou vários livros académicos acerca de ficção e culturas de fã e continua a publicar na área. Os seus livros incluem Fan Fiction and Fan Communities in the Age of the Internet, que co-editou, Sherlock and Transmedia Fandom e The Fan Fiction Studies Reader. De facto, todas as receitas revertem para a OTW. Kristina juntou-se à fandom organizada como uma shipper de Buffy/Angel no final dos anos 90 e tem feito parte de mais fandoms do que quer admitir, neste momento com uma obsessão por Dragon Age, Marvel e Vorkosigan. Tem um doutoramento em Inglês da Tulane University e é professora no Departamento de Filosofia e no Departamento de Estudos de Género na University of South Alabama. Ensina tudo, desde lógica e mitologia a estudos de fã e à história LGBT. Kristina é uma alemã transplantada e vive no sul dos Estados Unidos com a sua família de jogadores de RPGs de tabuleiro. (mais…)

Biografia e Manifesto de James Beal

Biografia

James Beal é um administrador de sistemas com mais de 26 anos de experiência profissional. Nos últimos 8 anos, tem estado a tirar especialização em computação de elevado rendimento, que ultimamente se tem expandido para incluir clouds privadas. James vive no Reino Unido com a sua mulher e dois filhos adolescentes. A sua vida na fandom começou provavelmente com Doctor Who, Blake’s 7 e The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy (À Boleia pela Galáxia). Hoje, nos media, favorece Elementary (Elementar), Doctor Who, Person of Interest (Sob Suspeita), Steven Universe e Sherlock. Os seus autores favoritos são Seanan McGuire, Diana Wynne Jones, Diane Duane, Philip Pullman e Ben Aaronovitch. Juntou-se ao comité de Sistemas como membro de equipa em janeiro de 2011 e tornou-se o líder técnico de Sistemas em março de 2013. Mais tarde em 2013, juntou-se ao comité de Acessibilidade, Design e Tecnologia como membro de equipa em vez de ser apenas um ponto de contacto com Sistemas. (mais…)

Divulgação das Candidaturas para as Eleições da OTW de 2016

Divulgação das Candidaturas

A OTW (Organização para Obras Transformativas) orgulha-se de anunciar as seguintes candidaturas para as Eleições de 2016 (por ordem alfabética do primeiro nome):

  • James Beal
  • Kristina Busse
  • Priscilla Del Cima

Como temos 2 posições por preencher e 3 pessoas candidatas, as eleições de 2016 serão disputadas — isto é, os membros da OTW irão votar em quem irá ocupar essas posições. (mais…)

A Direção Nomeia a Candidata em Último Lugar para Posição Vaga

Em 14 de agosto de 2015, a Diretoria votou para diminuir sua composição de 9 para 7 diretorxs. Antes dessa votação, a Diretoria informou o time de Eleições que apenas 2 vagas seriam liberadas para votação neste ano. Isto está de acordo com o Artigo V, #3 do estatuto da organização, o qual determina que todo ano ao menos 2 diretorxs devem ser eleitxs e que se a Diretoria tiver 7 ou mais membros, ao menos um terço delxs devem ser eleitxs anualmente.

Em 16 de setembro, a líder do time de Eleições indicou que, já que é possível eleger mais do que o número mínimo requerido de diretorxs em um ano, tínhamos esse ano, graças ao volume supreendente de pessoas que haviam se candidatado, a oportunidade de revitalizar uma Diretoria que vinha cada vez mais encolhendo nos últimos tempos (inicialmente, havia 8 candidatxs na disputa). A Diretoria rejeitou essa proposta e Andrea Horbinski deu a seguinte resposta: “a Diretoria votou para estabelecer uma Diretoria com sete membros. Como elegemos três pessoas no ano passado, podemos eleger duas pessoas este ano e mais duas no próximo e facilmente manter um cronograma regular — o mesmo que tínhamos antes do aumento da Diretoria para nove pessoas.”

Depois, a Diretoria removeu Nikisha Sanders da lista de candidatxs. Mais uma vez, a líder do Eleições teve seus protestos ignorados pela Diretoria. Subsequentemente, Dan Lamson retirou sua candidatura.

Seis candidatxs disputaram a eleição final. Os votos dos membros levaram ao seguinte ranking:

  1. Matty Bowers
  2. Atiya Hakeem
  3. Alex Tischer
  4. Katarina Harju
  5. Aline Carrão
  6. Andrea Horbinski

A candidata em 5º lugar, Aline, recebeu 2,89 vezes o número de votos que a candidata em 6º lugar, Andrea.

Hoje a Diretoria realizou uma reunião da Diretoria aberta no canal acessível ao público Discussão Pública. Apesar de não ter avisado a voluntárixs, membros ou ao comitê de Eleições de que hoje aconteceria esta votação, a Diretoria votou a favor do retorno de Andrea Horbinski para a Diretoria para encerrar o mandato que vai até 31 de dezembro de 2016, para ocupar o assento vago por Anna Genoese no fim de 2014. Andrea Horbinski, Margaret J. MacRae, Cat Meier, e Jessica Steiner votaram a favor, Eylul Dogruel absteu-se, e Soledad Griffin não estava presente. Você pode ler uma transcrição desta votação e a reação resultante nesse link.

Em 2010 uma situação semelhante ocorreu, quando um membro da Diretoria renunciou logo depois da eleição daquele ano. Na época, a candidata seguinte foi chamada para preencher o assento. Precedente, bom senso, e a ética impõem que as escolhas dos membros em uma eleição sejam respeitadas. O Comitê de Eleições apóia a indicação de Alex Tischer para ocupar o assento de Anna na Diretoria. Caso Alex não deseje assumir a posição, nós apoiamos a indicação de Katarina Harju ou Aline Carrão, nessa ordem.

Atualização (23 de novembro de 2015): A Diretoria de 2015 renunciou, sendo a renúncia efetiva a partir de 15 de dezembro. Elas serão substituídas por Atiya Hakeem e Matty Bowers, que assumirão seus cargos na diretoria em 1º de dezembro.

Atualização nº 2 (23 de novembro de 2015): Devido a esta sequência inusitada de eventos, a equipe de Eleições publicou informações sobre o ranking de candidatxs deste ano com permissão de 5 de 6 candidatxs que concorreram. Contudo, como nosso objetivo é promover um ambiente de igualdade e harmonia entre os membros da Diretoria, não temos a intenção de revelar esta informação em eleições futuras, a menos que uma situação como a que aconteceu esse fim-de-semana aconteça novamente.

Esta notícia foi traduzida pela equipe voluntária de tradução da OTW. Para saber mais sobre o nosso trabalho, visite a página da Tradução no site transformativeworks.org.

Resultados da Eleição de 2015

O comité de Eleições gostaria de agradecer a todas as pessoas candidatas pelo seu trabalho árduo durante a eleição deste ano. Posto isto, é com prazer que apresentamos os resultados da Eleição de 2015.

Atiya Hakeem e Matty Bowers (por ordem alfabética) foram oficialmente eleitas para integrar a Direção. Os novos membros da Direção irão iniciar formalmente os seus mandatos (ainda em sobreposição com os mandatos transatos) a 1 de Dezembro. Desejamos-lhes sorte durante os seus mandatos.

Com isto, a temporada de eleições chega ao fim. Agradecemos a todas as pessoas que participaram, espalhando a palavra, colocando questões às pessoas candidatas e, claro, votando! Esperamos voltar a ver-vos novamente no próximo ano.

Este artigo de notícias foi traduzido pela equipa voluntária de tradução da OTW. Para saberes mais sobre o nosso trabalho, visita a página de Tradução em transformativeworks.org.

Divulgação das Candidaturas para as Eleições da OTW de 2015

Divulgação das Candidaturas

A OTW (Organização para Obras Transformativas) orgulha-se de anunciar as seguintes candidaturas para as Eleições de 2015 (por ordem alfabética do primeiro nome):

  • Alex Tischer
  • Aline Carrão
  • Andrea Horbinski
  • Atiya Hakeem
  • Daniel Lamson
  • Katarina Harju
  • Matty Bowers
  • Nikisha Sanders

Como temos 2 posições por preencher e 8 pessoas candidatas, as eleições de 2015 serão disputadas — isto é, os membros da OTW irão votar em quem irá ocupar essas posições.

O Comité de Eleições está ansioso por começar o processo de apresentação das pessoas candidatas a todos os membros da OTW! Neste artigo, encontram-se links para as pequenas biografias e manifestos escritos pelas pessoas candidatas. Este artigo marca também o início do nosso período de Perguntas e Respostas (Q&A), durante o qual convidamos o público a submeter questões para as pessoas candidatas. Além disso, iremos ter uma série de conversas em direto, cujas datas serão anunciadas consoante a disponibilidade das pessoas candidatas. Informações acerca do período e processo de votação serão também publicadas em breve.

Entretanto, há uma cronologia dos eventos de Eleições disponível para referência. Leia-a para ficar a saber mais sobre as nossas pessoas candidatas e como poderá submeter-lhes questões!

Manifestos e Biografias

Pedimos a cada pessoa candidata para fornecer uma biografia com o sumário da sua experiência como profissional e como fã, bem como para escrever um manifesto sobre os seus objetivos para o seu mandato na Direção, respondendo às seguintes questões:

  1. Porque é que decidiu concorrer às eleições para a Direção?
  2. Que capacidades e/ou experiência irá trazer para a Direção?
  3. Que objetivos gostaria de atingir durante o seu mandato?
  4. Qual é a sua experiência nos projetos da OTW e como irá colaborar com os comités relevantes para os apoiar e reforçar? Por favor inclua o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), a Transformative Works and Cultures – TWC (Culturas e Obras Transformativas), a Fanlore, o nosso trabalho de Legal Advocacy (Assistência Legal) e o Open Doors (Portas Abertas); contudo sinta-se à vontade para enfatizar certas áreas em que tenha interesse.
  5. Escolha dois tópicos/problemas que pensa serem de alta prioridade para a OTW, tanto interna como externamente. O que é que estes tópicos significam para si e porque é que lhe são importantes? Como irão fazer parte do seu serviço?
  6. Qual pensa serem as principais responsabilidades da Direção? Conhece bem os requisitos legais para uma direção de uma organização sem fins lucrativos sediada nos EUA?
  7. Como irá equilibrar o seu trabalho na Direção com outros papéis que desempenha na OTW, ou como planeia delegar os seus cargos atuais para se poder concentrar no trabalho de Direção?

Pode ler as respostas das pessoas candidatas a estas questões e as suas biografias através dos seguintes links.

Perguntas e Respostas (Q&A)

As pessoas candidatas irão também responder a questões do público. Qualquer pessoa poderá submeter questões através do formulário de Eleições. Por favor, submeta todas as suas questões até às 23:59 UTC do dia 21 de Setembro. (A que horas corresponde no local onde vivo?) Todas as 8 pessoas candidatas irão responder a cada questão submetida, sob as seguintes restrições:

  • As questões não devem repetir as questões dos manifestos. Isto serve para permitir que as pessoas candidatas dediquem o seu tempo a responder a novas questões.
  • Questões semelhantes serão agrupadas para que as pessoas candidatas não precisem de se repetir. A equipa de Eleições irá decidir que questões são suficientemente semelhantes para serem agrupadas.
  • Se a sua pergunta for em seguimento de uma questão do manifesto, por favor mencione especificamente que se trata de um seguimento de uma questão, de modo a não ser tratada como uma repetição.

A data de publicação das respostas será escolhida dependendo do número de questões recebidas.

Este artigo de notícias foi traduzido pela equipa voluntária de tradução da OTW. Para saber mais sobre o nosso trabalho, visite a página de Tradução em transformativeworks.org.