Biografia e Programa Eleitoral de Michelle Schroeder

Biografia

Michelle Schroeder: Michelle participa em fandoms há pouco mais de quinze anos. A primeira fandom foi Harry Potter, que levou a mais e mais fandoms e eventualmente ao Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo). Juntou-se ao comité de Documentação para o AO3 em 2016, e depois aos comités de Organização de Tags e de Suporte em 2017. Atualmente, passa a maior parte do seu tempo a trabalhar num salão de jogos, a trabalhar para os comités, ou a ler o que quer que lhe chegue às mãos – e às vezes tudo ao mesmo tempo!

Programa Eleitoral

1. Porque é que decidiu concorrer às eleições para a Direção?

Desde o momento que soube da existência da fandom que tenho participado com entusiasmo nela, então concorrer às eleições e ganhar a oportunidade de retribuir à comunidade é uma hipótese excitante para mim. Quando comecei o voluntariado na OTW (Organização para Obras Transformativas), a maior parte da minha experiência tinha sido com o AO3 tanto como pessoa leitora como escritora. Aprendi muito sobre os projetos da OTW no ano e meio que passei como pessoa voluntária, e estou sempre com disposição para aprender ainda mais sobre tudo e ajudar no que puder.

2. Que capacidades e/ou experiência irá trazer para a Direção?

Do meu tempo como pessoa voluntária, trago muita familiaridade do lado do AO3 da OTW, assim como uma paixão por documentação e ajudar pessoas utilizadoras. Com os membros de equipa da Documentação para o AO3, ajudo a criar e a editar tutoriais e FAQs, e como membro do comité de Suporte, respondo a perguntas de pessoas utilizadoras mais diretamente. Fora da OTW, tenho uma licenciatura em administração e contabilidade, o que me permitiu ter uma base sólida de conhecimentos em organizações sem fins lucrativos, direito administrativo, e tributações, assim como do sistema financeiro americano. Também tenho muita experiência em absorver e organizar informação em contextos académicos e administrativos, o que penso que será útil para o trabalho do dia-a-dia da Direção.

3. Escolha um ou dois objetivos para a OTW que são importantes para si e nos quais teria interesse em trabalhar durante o seu mandato. Porque é que valoriza estes objetivos? Como é que trabalharia com outras pessoas para os concretizar?

Um objetivo para o qual gostaria de trabalhar é aumentar a documentação interna. Penso que é importante criar e manter uma base de conhecimento para cada comité, especialmente quando maior parte do conhecimento atual está dependente de uma pessoa. Também seria fantástico ter discussões a acontecer entre comités para ajudar a espalhar informação, e ter documentação escrita e mantida num lugar acessível a outros membros da OTW seria um grande passo para que isso acontecesse. Como membro do comité de Documentação para o AO3, acho que tenho uma boa dose de experiência nesta área para ajudar a OTW a trabalhar para este objetivo.

4. Qual é a sua experiência com os projetos da OTW e como irá colaborar com os comités relevantes para os apoiar e reforçar? Tente incluir uma variedade de projetos, contudo sinta-se à vontade para enfatizar alguns em particular.

Sou grande fã de todo o trabalho que o comité de Tradução faz, e como fã, também admiro o comité do Portas Abertas e a sua missão. Visto que os três comités com que trabalho atualmente focam-se plenamente no AO3 ao contrário da OTW como um todo, adorava explorar e aprender mais sobre outros comités como a Fanlore ou a Transformative Works and Cultures – TWC (Culturas e Obras Transformativas), nenhum dos quais interajo frequentemente no meu trabalho diário como pessoa voluntária.

Em termos de colaboração, acredito que a melhor maneira de descobrir como apoiar e reforçar os comités com que não tenho muita familiaridade é deixá-los dizerem-me o que precisam e ter isso em conta, portanto é com grande entusiasmo que encaro esta oportunidade de colaborar com todos os comités.

5. Como é que irá equilibrar o seu trabalho na Direção com as suas outras funções na OTW, ou como é que planeia delegar as suas funções atuais para se focar no trabalho na Direção?

Estou a concorrer para a Direção em parte porque sinto que tenho neste momento o tempo e a energia para adicionar as responsabilidades da Direção às minhas funções atuais no voluntariado. Para além disso, estou confiante que tenho as capacidades de gestão de tempo para ser capaz de acompanhar o aumento de trabalho sem problema. Se se mostrar necessário, testou disponível para dar um passo atrás e reavaliar os meus compromissos, o que pode resultar numa pausa ou na minha reforma de um dos meus comités para dar tudo o que tenho à Direção.